fbpx

Custom Menu

Latest From Our Blog

Como manter a saúde financeira do negócio - Cris Arcangeli
17700
ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

Como manter a saúde financeira do negócio

Se tem uma coisa que pode alavancar ou derrubar um negócio são as finanças. Sem lucro, sem dinheiro, o negócio não funciona. O lucro é fundamental para a companhia crescer, investir e viver de forma saudável. Tudo começa com uma planilha de custos. Anotar tudo que entra e sai do caixa é premissa básica para a saúde financeira da empresa. Através de uma planilha bem planejada é possível saber se o produto ou serviço está com o preço certo, por exemplo. Sem um preço ajustado corretamente, não tem margem, logo não tem lucro.

 

O Brasil é um país complexo. Cada Estado tem um ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços) diferente e uma condição diferente de vendas. Isso também é um quesito importante para estar na planilha de custos. O ideal é que você tenha uma planilha para cada Estado, já que ao mudar a taxa do imposto, o preço do produto altera. Meu conselho é: dedique parte do seu tempo e dinheiro para a contabilidade do negócio. Se isso não for feito, podem começar a surgir problemas.

 

Acertada a planilha de custos, há outros fatores cruciais para manter em dia as finanças do empreendimento. Um deles é ter bastante cuidado para quem se vende. Nada pior do que um calote, não é mesmo? Então, analise bem esse cliente antes de vender. Veja se ele tem capacidade para comprar o que seu negócio oferece.

Um erro bem comum que compromete bastante a saúde financeira de um negócio, é não separar as finanças da empresa das finanças pessoais. Depois de ter ajustado os fatores citados acima, como preço e vendas, sabe o que muitos empreendedores fazem? Põem o dinheiro no bolso! Quase todas as empresas que realizei mentoria, fazem isso. É muito fácil, muito simples e é até natural, misturar esse dinheiro. Recomendo que tenha duas contas: uma para a empresa e outra pessoal.

 

Quando a empresa der lucro, sai o dinheiro da conta da empresa e vai para a conta pessoal. Com esse dinheiro da conta pessoal, pagam-se as despesas domésticas. Se a empresa não der lucro, não pode tirar dinheiro. Se o lucro que der, for uma coisa que você precisa investir na companhia, não pode tirar dinheiro. Você só tira dinheiro quando a companhia e o caixa da companhia permitir que esse dinheiro seja retirado.

 

O empreendedor dança conforme a música. Se a empresa não tem caixa, naquele momento, para fazer uma retirada, não tira dinheiro. Para administrar o caixa da companhia é preciso responsabilidade e maturidade para priorizar o pagamento das contas da companhia como fornecedor, aluguel, funcionários, luz, água, telefone. Depois que tudo isso estiver pago, vem o empreendedor. A empresa está sempre em primeiro lugar. Lembre-se de que em algum momento, essa empresa vai faturar ao ponto de dar muito lucro e, consequentemente, trazer muita alegria, e você vai ficar muito feliz. Porém, no começo é preciso ser bastante controlado e disciplinado com o fluxo de caixa, para ter uma empresa saudável. Empresa saudável é empresa feliz.

 

1Comentário
  • marcos aurelio/ 10.12.2018

    Bom dia , show essas dicas que você passa eu procuro por em prática algumas kkkl porem minha mercadoria sao piercing mais estou sempre te acompanhando pq sempre um dica que se encaixa comigo kkk.

X